Tuesday, January 22, 2008

{receita} cuscuz de legumes


se eu contar como foi a "invenção" desse cuscuz, vocês não vão acreditar! começou quando eu folheava uma revista muito simpática chamada menu. ela traz boas sugestões para incrementar a comida do dia-a-dia, com menus descomplicados na maioria das receitas. para ter uma idéia de como a revista me conquistou, basta dizer que ela está cheia de post-its: são as receitas que me chamaram a atenção e que eu pretendo fazer (algum dia, rs).

pois bem, o cuscuz em questão estava por ali, era muito bonitinho, mas, já da primeira lida, fiquei maquinando: vou mudar isso, tirar aquilo, acrescentar aquilo outro. eu mudei tanto, mas tanto, que nem dá para dizer que é uma versão daquela receita, a criatura criou vida própria!

mas eu adorei o resultado e achei incrível pois sem ter nada que lembrasse o palmito nem de longe, achei que o bicho no final ficou com um quê de palmito. acho que foi a textura, sei lá (ou, como disse o gumpa, nosso cérebro já está condicionado com palmito no cuscuz, hehehe)!

quero fazer outras vezes variando o recheio! pensei em colocar palmito, ervilha e tomate. ou shitake. ou cabocha com cebolinha.

ah! não prescinda do manjericão, é ele quem dá toda a graça do prato!

ingredientes
» 3 colheres (sopa) de óleo de girassol
» 1 cebola picada
» 1 dente de alho grande picadinho
» 1 cenoura cortada em cubinhos pequenos
» 1 berinjela média sem casca cortada em cubos
» 1/2 xícara (chá) de azeitonas pretas cortadas em gominhos
» 2 tomates sem pele cortados em cubos
» 1/2 xícara (café) de folhinhas de manjericão
» 1 envelope de caldo de legumes em pó (gosto de usar o da qualimax)
» 3 a 4 xícaras (chá) de água
» sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto
» 2 xícaras (chá) de mistura para polenta (polentina, kimilho ou outra da sua preferência)

modo de fazer
coloque o óleo numa panela grande e refogue a cebola e o alho até ficar transparente. junte a cenoura, tempere um bocadinho e cozinhe até que ela fique ligeiramente macia. vá acrescentando bocaditos de água para não queimar. quando a cenoura ficar no ponto, junte a berinjela e proceda da mesma maneira. assim que a berinjela ficar ligeiramente macia, adicione a azeitona e os tomates picados. deixe o tomate derreter um pouquinho, coloque o caldo de legumes e junte a água aos poucos. deixe esse molho apurando um pouco. deve ficar uma mistura mais para aquosa do que cremosa. nesse ponto, junte o manjericão e a mistura para polenta e mexa vigorosamente. se necessário, você pode usar o fogo baixo. cozinhe de 3 a 5 minutos até obter uma massa mole (não deixe cozinhar demais, caso contrário, o cuscuz ficará muito ressecado ao ir ao forno).

em uma fôrma tubular untada com margarina (ou várias pequenas), deite a massa ainda quente. alise bem a superfície e molhe com água.

leve a assar em banho-maria no forno pré-aquecido (180ºC) por uns 20 minutos. vá borrifando água na superfície do cuscuz de tempos em tempos para evitar que se resseque demais.

sugestão
hoje, eu servi como acompanhamento de um arroz integral com linhaça, feijão e saladinha de almeirão. mas também fica ótimo como entrada!


dica
você também pode fazê-lo numa forma grande ao invés de usar várias forminhas pequenas. na pressa, desenforme os bichinhos e asse no microondas, potência média-baixa de 5 a 10 minutos. não esqueça de borrifar um pouquinho de água durante o cozimento para evitar que a superfície fique muito ressecada.

serviço
pode-se dizer que foi uma inspiração da receita "cuscuz de farinha de milho e legumes" da
revista menu - ano 9 - edição 102 - mai.2007 - pág. 20

6 comments:

Karen said...

Anda cozinhando, hein! ;-)

Adoro cuscuz e adorei a sua versão!

Beijos!

miki w. said...

hihihi, é verdade, karen!

ando numa correria, o que, no meu caso, é bom sinal ;-)!

experimente um dia destes, eu tb adoro cuscuz e esse me surpreendeu (acho q era pq eu não esperava nada dele, rs)!

beijinhos, miki

Aline said...

Nossa! Que mundo pequeno!
Voce nao me conhece, mas eu conheco voce. Do flickr. Vez e outra eu fico olhando fotos... achei suas aquarelas lindas! Nao sabia que vc tambem era uma foodbloger. To emocionada! Sem exageros!

O cuscuz tah com uma cara otima! A gente acaba reinventando muitos pra tos na cozinha...

miki w. said...

oi, aline!

seja muito bem-vinda ao cabeça-gorda. ando meio parada com este bloguinho, coitado! a vida tá corrida :-).

dei um pulo no seu blog e vi q vc tb anda pelas cozinhas da querida akemi e luna. sugiro o trembom, da valentina, delícia de prosa e de sabores.

vc tem id no flickr? q bom q vc gostou das aquarelas ^^!

beijos!

Valentina said...

Ai Miki, que delícia. acho que tenho esta edção da menu. Um amigo me trouxe de sao paulo.A eliana me falou desta revista e amei o exemplar que recebi. adoro cuscus amiga. quisera ter compartilhado esta receita contigo.

miki w. said...

querida, a revistinha é bem legal, né? comidinha simples, mas caprichada, nada daquelas afetações de comida de chef, quase impossíveis de se alcançar, rs!!!

seria uma honra imensa, amiga! quem sabe na sua próxima visita por sp ;-)???

beijinhos, miki