Saturday, June 02, 2007

Carta de Buenos Aires

Meu amigo Cris escreveu um email tão inspirado sobre coisas cabeça-gorda para se fazer em Buenos Aires, que eu não resisti e pedi permissão para dividir aqui!

Adoro conhecer sobre a cultura e os costumes em outros lugares do mundo!

Começa assim (os comentários - entre colchetes - são meus):

"Ontem [25/mar] foi feriado aqui na Argentina - marca o começo da revolução para a independência da América Hispânica que foi conseguida em 9 de Julho, que também é feriado. O interessante é que no dia anterior, ou seja 24/5, há uma cerimônia em que um batalhão sai marchando de um lugar até a Casa Rosada - sede do governo argentino - e é recebido pelo presidente na porte com chocolate quente e churros. Então virou costumes aqui as pessoas servirem também nas suas casas e/ ou preparar comidas típicas argentinas - como humitas (tipo de uma pamonha do norte da Argentina) e um cozidão que não consegui pegar o nome.

Assim, aproveite o feriadão para tomar o chocolate quente. É muito grosso, parece aquele italiano que tem aí em São Paulo, mas o sabor é diferente, é bem menos doce. E vem numa tigelinha sem asa com uma colherzinha de café... No começo dá bastante trabalho tomar pois ele ainda está muito quente e fica mais liquido, quando esfria um pouco a técnica da colherzinha melhora.

Outra tradição daqui são as facturas - pãezinhos ou docinhos para tomar junto com o café. No escritório, às sextas, eles pedem bandejas para um cafezinho comunitário. São muito boas e bem variadas, mas sempre tem algo com mebrillo - os frequentadores do Havana já devem ter visto um alfajor de frutas com recheio disso - e batata - assim mesmo, não de papas. Depois de pesquisas no google descobri que a tal batata é um doce feito de batata doce e o membrillo parece uma pera só que é mais azedo (nas fotos não tem nada de vermelho, mas nos doces é bem vermelho).

Um site incessante de referências que achei é o: http://www.popular-tradicional-argentina-food.com/

Mando em anexo uma foto do chocolate quente acompanhado por um quadradito de manzana con stroisel (parece a coberturinha do cobbler, do bolo cufa)."


13 comments:

Karen said...

Que gostoso! Esse chocolate quente está tão convidativo!
Ah, acho que "membrillo" é marmelo!

miki w. said...

ahhh, que interessante, marmelo!
esses diazinhos frios que têm feito são perfeitos para um choco quente, né karen?

beijocas, miki

lunalestrie said...

Que delícia!!! Pena que aqui tá quente, mas como eu sou friorenta, topo de qualquer jeito, rs. :)

miki w. said...

aiii e aqui está tããão frio, luna! quer trocar de casa? rs!
beijocas, miki

Cláudia A. said...

Quantas delícias! Achei o cúmula da simpatia oferecer chocolate quente e churros. Essa tigelinha com chocolate é maravilhosa.

miki w. said...

hehehe, melhor só se a gente tb estivesse por lá, né, cláudia ;-)?
beijocas, miki

laila said...

Miki, conheci seu blog agorinha e dou de cara com uma carta da argentina(minha familia é de lá), que bom assim posso ajudar a explicar umas coisainhas, o menbrillo, nada mais é que goiabada, sobre o caso da batata é assim batata normal eles chamam de papas e batata doce eles chamam de batata, ahh o cozidão imagino que seja o puchero típico cozido argentino que leva varias carnes, legumes e verduras, e tem outro detalhe os churros são servidos como na espanha, purinhos sem doce de leite(engraçado na terra do doce de leite eles não colocam...ehehhe). espero ter contribuido. bjos e parabens pelo lindo blog!

miki w. said...

laila, obrigada pela visita e pelos comentários esclarecedores!
bjs e volte sempre!
miki

valentina said...

Sabe que tem uma 'lanchonete' de um espanho em Londres em que vendem um chocolate com churros que é divino. O chocolate é beeeem grosso. e os churros devem ser mergulhados no chocolate. divinos. Ao ler o email do teu amigo pensei nisto.

miki w. said...

ahhh, tina! parece sublime, principalmente para esses dias frios que têm feito por aqui! se bem que eu gosto mesmo é de churros com doce de leite!
beijocas, miki

Dea said...

Olá Miki!

Descobri seu blog por acaso através de outro blog culinário. Achei o nome muito inventivo e resolvi conferir. Aqui deixo a explicacão para o bolo com "stroisel": esse bolo com cobertura crocante é típico alemão e origialmente escreve-se "streusel", mas pronuncia-se "stróizel". A Argentina, assim como o Brasil, teve uma forte imigração alemã. Aqui o bolo "streusel" teve a sua adaptação também, e se chama "cuca", que vem também do alemão "kuchen"(pronuncia-se "curren"), que traduz se como "bolo" em geral.

Um grande abraço e sucesso com o blog.

dea

miki w. said...

oi, dea! obrigada pela visita e pelas explicações e seja muito bem-vinda!
bjs, miki

Wine Broker said...

Olá
Achei seu Blog procurando receitas para colocar no meu, que estou tentando que seja eno-gastronomico.
Muito interessantes seus conselhos, gostei muito. Parabêns!!!
Rubén Duarte